Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2010

Oásis

Imagem
Eu tenho o costume de escrever poesias para pessoas importantes ou coisa assim, mas acho que tenho que dar algumas explicações para o próximo texto, porque eu o escrevi milhões de séculos atrás, rs. A verdade é que ele sempre foi incompleto, e eu nunca tive certeza de como ele seria. A maior dificuldade em desenhá-lo, é que a pessoa em questão eu conheci nos piores e mais turbulentos anos da minha vida. Pouco importava para mim, naquele tempo, se as pessoas que eu amava estavam se sentindo bem, ou se precisavam de mim...

"um fantoche de poeta se apoiando nas pessoas que o faziam bem"

Eu comecei esse poema pensando da forma mais egoísta possível... "Um poema pra prender um coração". E escrevi e reescrevi até alcançar o que eu chamava de "Perfeição Imaginativa". Feito, minha obra de arte... Não passava de um monte de lixo com um aspecto belo. O mais insensível dos meus 'poemas malditos'.

Mas... como tudo que importa nesse mundo só tem valor quando é p…